contato@araujosat.com.br 0800 280 7227 88 3523 7227

Como funcionam os ataques a roteadores?

Os criminosos que realizam esse tipo de ataque têm, como objetivo, modificar as configurações de DNS do aparelho roteador e redirecionar os usuários para páginas falsas que se assemelham a páginas oficiais. DNS – Domain Name System/Sistema de Nomes de Domínio – é a ferramenta que “traduz” os endereços IP em urls de site. Entre os afetados, estão sites de banco e servidores de e-mail. Como as versões falsas dos sites simulam as versões originais, o usuário é induzido ao erro e acaba por inserir login e senha nos sites falsos.

Os criminosos geralmente tentam atacar os roteadores utilizando a senha padrão do aparelho, que vem de fábrica, e muitas pessoas não chegam a modificá-la. Em alguns casos, mesmo quando os aparelhos possuem senha, o ataque é bem sucedido. Isso ocorre principalmente ao inserir uma senha fraca no dispositivo. No momento em que a invasão ocorre, o painel de controle do roteador é acessado pelos criminosos e a configuração DNS do dispositivo é alterada, de modo que os usuários daquela rede podem ser redirecionados para sites falsos.

O problema afeta os roteadores, mas não os sites em si. É importante lembrar de atualizar as senhas de acesso à rede Wi-Fi e o firmware do equipamento, além de prestar atenção aos links que são acessados, buscando não clicar caso sejam suspeitos ou desconhecidos. Também é interessante ativar a verificação em duas etapas nas plataformas que possibilitam esse recurso.

Texto adaptado de Techtudo e Avast